Cuidados importantes com o sistema de arrefecimento do seu carro

Pedro Aizza fatura abertura do Sul-Brasileiro de Kart, em Velopark
29 de abril de 2019
5 dicas para economizar combustível
5 dicas para economizar combustível
15 de maio de 2019

Cuidados importantes com o sistema de arrefecimento do seu carro

Para que um veículo possa trafegar em boas condições e com seu melhor desempenho, o sistema de arrefecimento é uma parte fundamental. Afinal, assim como o corpo humano deve estar sempre em uma temperatura ideal para que todos os sistemas internos funcionem adequadamente, o motor do carro também possui um limite para desempenhar sua função.

O sistema de arrefecimento garante que o motor esteja trabalhando sempre na temperatura média de 90º C. Deixar de cuidar ou cuidar inadequadamente do sistema de arrefecimento pode levar a uma perda total do motor, gerando um grande prejuízo ao proprietário.

Veja algumas dicas para evitar problemas com esse sistema!

Conheça mais sobre o sistema

Pode parecer óbvia a ideia de que, para cuidarmos adequadamente, é necessário conhecer mais sobre o assunto. Isso não é verdade. Consultando o manual do proprietário, você pode obter informações necessárias para manutenção preventiva do sistema de arrefecimento, evitando danos graves ao motor.

O manual possui informações do sistema de arrefecimento e sobre o período de troca do líquido do sistema e a verificação de nível. Além disso sugere a avaliação de outras peças como a bomba d’água, radiador, ventoinha, mangueiras, válvula termostática, sensor de temperatura, etc.

O uso obrigatório de aditivos no líquido de arrefecimento (água) garante que o veículo não superaqueça. O aditivo altera as propriedades da água, aumentando seu ponto de ebulição e diminuindo seu ponto de congelamento, além de proteger contra a corrosão.

Cuidado com o nível do reservatório

Localize o reservatório do líquido de arrefecimento. Ele está sob o capô do carro e você deve sempre verificar se a quantidade do líquido está entre as indicações de mínimo e máximo.

No momento de fazer a reposição ou trocar todo o líquido do reservatório, dê preferência para a água destilada/desmineralizada, disponível no mercado. É neste momento que você deve acrescentar água mais o aditivo, na concentração recomendada, que garante as propriedades anticorrosivas em todos os tipos de metais, a proteção ao superaquecimento e ao congelamento. É possível encontrar no mercado produtos prontos para o uso, com a concentração adequada da água desmineralizada e o aditivo.

Conforme o manual do proprietário, faça inspeção semanal do nível do líquido. Se você perceber que ele baixa com frequência, é indício de que existe alguma anomalia no sistema, que pode ser a baixa concentração do aditivo ou até mesmo um vazamento. Nesse caso, procure por um mecânico de sua confiança para identificar e solucionar o problema.

Olho no painel

O seu carro está preparado para avisar sobre vários problemas. Em relação ao sistema de arrefecimento, é importante ficar atento aos sinais.

No painel do veículo, há um termômetro que indica as condições em que o sistema de arrefecimento está trabalhando, ou uma luz de alerta. Ele jamais deve passar do vermelho ou acender o alerta, pois isso pode causar grandes danos ao motor. Caso o veículo aqueça demais, pare imediatamente. Espere a temperatura baixar e procure uma oficina.

Veja outras dicas em nosso blog e conheça nossa linha de produtos para o sistema de arrefecimento na Loja Promax Bardahl!

Arrefecimento Bardahl