Qual é o melhor aditivo para motor para o seu veículo?

5 dicas de manutenção preventiva
5 dicas de manutenção preventiva
8 de janeiro de 2019
_Como o aditivo suplementar fará a diferença no seu carro
Como o aditivo suplementar fará a diferença no seu carro
21 de janeiro de 2019

Qual é o melhor aditivo para motor para o seu veículo?

Os aditivos são essenciais para garantir que o óleo seja mais eficiente e tenha maior durabilidade.

As trocas de óleo devem ser feitas com a frequência indicada pela montadora, conforme consta no manual do proprietário, mas a presença do aditivo faz com que ele apresente o melhor desempenho por muito mais tempo, protegendo e cuidando do seu motor.

Todos os óleos para motor devem ter aditivos. Cada aditivo pode ter funções diferentes ou até mesmo agrupar diversas dessas funções. Conheça mais dessas funções, inclusive os aditivos conhecidos como suplementares:

  • Antidesgaste: ele consegue reduzir o desgaste das peças que compõem o motor.
  • Antiespumante: reduz e previne a formação de espuma estável, que pode gerar desperdício.
  • Antioxidante: diminui a velocidade da decomposição por oxidação do lubrificante, mantendo suas propriedades por maior tempo.
  • Detergente: esse aditivo consegue fazer uma limpeza dos depósitos de sujeira do equipamento.
  • Dispersante: ajuda a dispersar e eliminar a sujeira causada pela combustão no interior do motor.

Carros novos precisam de aditivos suplementares?

Ao contrário do que algumas pessoas pensam, os aditivos suplementares podem ser utilizados em todos os veículos. O importante é buscar por aquele que atenda melhor às necessidades de cada motor.

Os carros novos podem ser muito beneficiados com o uso de aditivos para óleo de motor. Com isso, é possível prevenir problemas e manter as características originais do veículo por muito mais tempo.

Veículos com o motor “cansado”

Os motores também possuem um “prazo de validade”, mas que pode ser prolongado se ele for usado e cuidado adequadamente.

Carros que andam no trânsito de grandes cidades, por exemplo, precisam de maiores cuidados, pois eles sofrem com um desgaste ainda maior.

Com esse desgaste causado pelo atrito constante, o motor pode ficar com folgas entre as peças. Isso leva a um maior consumo de óleo, baixando a potência do veículo e gerando ruídos estranhos e o excesso de fumaça no escapamento.

Se o veículo já apresenta alguns desses sinais, ele deve passar por uma inspeção. Na troca do óleo, já aproveite para usar algum aditivo!

Diferença do combustível

Uma das diferenças que você deve tomar conhecimento é a respeito do tipo de motor do seu veículo no momento de escolher o aditivo mais adequado. Se ele é movido a gasolina ou etanol, por exemplo, ele precisará de aditivos específicos. No caso dos carros movidos a diesel ou turbinados, é importante usar também produtos específicos, que atenderão a essas necessidades de maneira mais apropriada.

Faça a manutenção preventiva

Se o seu carro estiver apresentando problemas, mesmo com o uso de aditivos, consulte um profissional da área. O excesso de borra no motor e outros problemas mais graves devem ser resolvidos com técnicas mais invasivas ao equipamento. Quanto antes você fizer isso, menores as chances de ter um gasto maior no futuro.

Veja em nosso blog mais dicas de como cuidar adequadamente do seu carro!