Como funciona a classificação de óleo de motor

O que são aditivos suplementares
O que são aditivos suplementares e como eles podem ajudar o seu carro?
18 de fevereiro de 2019
Como cuidar dos pneus do seu carro
Como cuidar dos pneus do seu carro
18 de fevereiro de 2019
Como funciona a classificação de óleo de motor?

Como funciona a classificação de óleo de motor?

O óleo lubrificante para o motor é essencial para garantir o bom funcionamento do veículo. Mas você sabe qual é a função do óleo lubrificante dentro do motor? E o que significam as letras que correspondem a sua classificação?

Entenda mais sobre o óleo de motor e saiba como escolher o produto ideal para o seu veículo!

Função do óleo lubrificante do motor

O óleo lubrificante tem a função de reduzir o atrito entre as peças móveis do motor. Desta forma, ele consegue assegurar o melhor funcionamento de todo o sistema.

A troca de óleo deve ser feita regularmente, conforme a indicação do manual do proprietário, pois o óleo tende a perder suas propriedades. Com isso, o atrito pode causar danos ao motor, interferindo em seu desempenho e diminuindo a sua vida útil.

Ao contrário do que muitos proprietários pensam, para os veículos que andam em regime urbano com trânsito frequente e condições de altas temperaturas, o óleo precisará ser trocado com prazos menores, quer seja por quilometragem ou tempo de uso.

Classificação do óleo

No manual do proprietário você encontra a classificação do óleo lubrificante indicado pela montadora para o melhor funcionamento do motor. Mas você sabe o que significam aquelas letras?

SAE

A sigla SAE corresponde a “Society of Automative Engineers”, ou “Sociedade dos Engenheiros Automotivos dos Estados Unidos”. Essa classificação determina a viscosidade do óleo lubrificante – para chegar a esse número, no entanto, são desconsiderados os fatores de serviço e desempenho.

Essa classificação é composta por um ou dois números. No meio dos números fica a letra W (da palavra “winter”, ou “inverno”), que significa a presença de aditivos que abaixam o ponto de mínima fluidez – ou seja, mesmo em lugares de baixas temperaturas, o óleo continua circulando pelo sistema.

API

Já a sigla API significa “American Petroleum Institute” (Instituto Americano de Petróleo), e especifica qual é o desempenho que um óleo precisa ter para atender determinadas classificações de serviços.

Essa classificação é simbolizada pelas letras “S” e “C”. “S” corresponde aos motores que funcionam por “ignição por centelha” e “C” corresponde aos motores a diesel – de “compressão”.

Quer saber mais sobre óleos e aditivos suplementares? Veja os outros conteúdos do nosso blog e visite nossa loja online!