Dicas para cuidar da sua moto

Como cuidar do seu carro para valorizar a venda
Como cuidar do seu carro para valorizar a venda
4 de julho de 2019
A importância da manutenção do caminhão
18 de julho de 2019

Descubra os cuidados que você precisa ter com a sua moto.

As motocicletas chamam a atenção de proprietários que desejam ter mais economia e praticidade no trânsito. Principalmente nas grandes cidades, cada vez mais pessoas optam pela moto como meio de transporte, seja pela facilidade de estacionar, pelo baixo consumo e investimento com manutenção.

Porém, isso não quer dizer que você pode ignorar alguns cuidados com os componentes da sua moto. Cuidados simples ajudam a aumentar de forma significativa a longevidade das peças, preservando o bom desempenho da motocicleta.

Manutenção básica e preventiva

O primeiro passo é jamais deixar de ir até uma oficina mecânica periodicamente para realizar a manutenção preventiva. Com isso você evitará diversos problemas antes mesmo que eles sejam sentidos.

A recomendação nos manuais do proprietário é que a revisão deve ser feita entre 1 mil a 6 mil quilômetros rodados, dependendo do tipo de uso e modelo da motocicleta, isso também previne panes e evita acidentes.

Nesta revisão também é feita a troca de óleo, uma avaliação da condição dos pneus e o funcionamento da transmissão.

Cuidado com o óleo

Os motores da motocicleta devem trabalhar com maior intensidade do que os de automóveis, por exemplo. Por isso, a verificação do nível de óleo deve ser feita diariamente ou antes de pilotar. Se for notada uma diminuição, fique atento e busque a causa do problema. Vazamentos e queima excessiva de óleo podem até fundir o motor.

A troca do óleo, como citado acima, deve seguir a recomendação do fabricante - de 1 mil a 6 mil quilômetro rodados. Para quem utiliza pouco a motocicleta, uma sugestão é que a troca ocorra por tempo, entre 6 a 12 meses.

Atenção aos pneus

A falta de cuidados com o pneu pode reduzir em muito a segurança na condução. Inspecione visualmente o pneu e verifique a pressão a cada 1 mil quilômetros ou semanalmente. O pneu deve estar frio e antes de pilotar.

Ao observar um grande desgaste dos pneus, investigue as causas e faça a substituição assim que possível. Pilotar com pneus excessivamente gastos ou com pressão incorretas pode causar acidentes com ferimentos graves ou fatais.

Transmissão e correntes

A transmissão é um conjunto que também precisa de cuidados. Quando ela não está adequadamente lubrificada, além de reduzir sua vida útil, ela irá sofrer desgaste prematuro, aumentando as chances de quebra. Sempre inspecione a corrente antes de pilotar.

Em tempos de chuva isso é ainda mais importante, ou ainda para os motociclistas que andam em terrenos com muita poeira, terra ou areia.

Mas os cuidados não se esgotam com a lubrificação adequada: a corrente deve ser regulada sempre que necessário.

Se a corrente estiver com folga excessiva (consulte o manual do proprietário), ela poderá se soltar da coroa/pinhão ou danificar a parte inferior do chassi. Em casos mais graves, pode travar a roda, fazendo com que o piloto seja lançado ao chão. No caso das correntes com muita tensão, elas estão mais vulneráveis a quebrar.

Limpeza

A limpeza também é essencial para manter o bom desempenho da sua moto. Além de fatores estéticos, ela permite uma visibilidade melhor do retrovisor e maior segurança para a direção.

Para limpar a moto, cuidado com o choque térmico entre partes que estejam quentes e a água fria. Use sempre os produtos mais adequados, evitando abrasivos que podem manchar a pintura ou causar outros danos.

Veja mais dicas em nosso blog e adquira os produtos Promax Bardahl em nosso site!

cta-bardahl uso geral