Guia sobre lubrificação de motores

Cuidados com seu carro em dia de chuva
4 de setembro de 2019
Pedro Aizza garante vaga para Las Vegas e fatura o título da CODASUR Júnior na Copa SP Light de Kart
16 de setembro de 2019

Tudo que você precisa saber para entender mais sobre a lubrificação do motor do seu veículo

É possível ampliar a vida útil do motor do seu carro quando você se preocupa e cuida dos componentes básicos do veículo. Entender como os sistemas funcionam, portanto, ajuda a descobrir o que deve ser feito e porquê.

A maior parte dos motoristas já sabe da importância de fazer a troca de óleo regularmente, visando manter o bom desempenho do carro. Mas por que a lubrificação é tão importante?

É sabido que o maior desgaste do motor ocorre no momento da partida. O motivo é que, nestes poucos segundos, peças que ficam na parte superior do motor trabalham a seco. Por isso o lubrificante precisa chegar rapidamente até essas peças, sem depender da temperatura e sua viscosidade tem papel fundamental.

O que é a lubrificação

Quando estamos falando de lubrificação do motor é importante ter em mente que se trata de uma substância química, que evita o contato direto entre duas superfícies metálicas, diminuindo o atrito, o desgaste e consequentemente a produção de calor.

Para exercer essa função nos veículos a combustão, existem três diferentes bases para o óleo para motor, fazendo com que classifiquemos os óleos em três categorias iniciais:

  • Óleo Mineral: este óleo é produzido através do refinamento do petróleo.
  • Óleo Sintético: a versão sintética é produzida por reações químicas.
  • Óleo Semi-Sintético: os óleos semi-sintéticos apresentam uma mistura de base mineral e sintética.

Funções do óleo lubrificante

Entre as principais funções do óleo lubrificante, está:

  • Reduzir o atrito e evitar o contato metálico entre os componentes do motor;
  • Absorver o calor gerado na combustão;
  • Fazer a limpeza de impurezas resultantes do funcionamento do motor;
  • Evitar a corrosão;
  • Vedar para impedir a passagem de gases da combustão para o cárter.

Classificação dos óleos para motor

Podemos também classificar os óleos de acordo com as suas principais características, como a viscosidade e a sua classificação por desempenho, neste outro conteúdo sobre o tema.

Falando sobre a viscosidade, é a resistência de um fluido ao escoamento. Esse é um dos fatores mais importantes do óleo de motor, pois um líquido mais viscoso pode ter maior dificuldade de circular pelo motor. Vale ressaltar que esta é uma característica que pode mudar de acordo com a temperatura.

Aditivação de óleos

Os óleos para motores, de acordo com a legislação brasileira, já devem ser aditivados com componentes químicos, que potencializam sua ação. No entanto, para garantir o melhor funcionamento e proteção ao motor, você pode optar por aditivos suplementares.

Os aditivos suplementares são componentes químicos que, ao serem adicionados aos óleos básicos, ajudam a potencializar as propriedades ou adicionar novas. Eles podem ser:

  • Detergente: ajuda a limpar os depósitos de sujeira dentro do equipamento.
  • Dispersante: elimina a sujeira que é causada pela queima do combustível.
  • Antidesgaste: reduz o desgaste das peças que compõem o motor.
  • Antiespumante: importante para a prevenção da formação de espuma.
  • Antioxidante: retarda a oxidação do lubrificante, mantendo-o eficiente por mais tempo.

A aditivação suplementar pode ser utilizada em veículos novos ou seminovos, ajudando a manter o bom desempenho e funcionamento do motor por mais tempo.

Conheça mais sobre os cuidados com o seu carro em nosso blog e encontre os produtos da Promax Bardahl em nossa loja online!

Óleos Promax Bardahl